A sexta-feira (01) segue com os preços internacionais apresentando valorizações na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam altas entre 2,50 e 3 pontos por volta das 11h44 (horário de Brasília). O vencimento março/19 era cotado a US$ 3,79 e o maio/19 valia US$ 3,87.

Segundo informações da Agência Reuters, os futuros de milho mais ativos subiram ligeiramente nessa sexta-feira, mas caíram quase 1% durante toda a semana, indo para uma segunda perda semanal direta. O mercado segue acompanhando os desdobramentos da relação China-Estados Unidos, a delegação comercial da China disse que a última rodada de conversações com os Estados Unidos fez “progresso importante” para o atual palco, conforme informou a agência de notícias oficial da China, Xinhua.

B3

Já a bolsa brasileira registra poucas movimentações e estabilidade nos preços do milho. As principais cotações apresentam flutuações entre 0,65% negativo e 0,25% positivo por volta das 11h48 (horário de Brasília). O vencimento março/19 era cotado a R$ 40,93 e o maio/19 valia R$ 38,90.

De acordo com o Radar Investimentos, as preocupações em relação ao clima ganharam proporções maiores nesta semana para parte do Centro-Oeste. Mesmo com o recuo do dólar na quarta-feira, as cotações não cederam.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas